Os Elefantes e a Cascata Kuang Si

Quando planeámos a viagem ficou claro entre todos que queríamos ter uma experiência com elefantes. Depois de algumas pesquisas e de falarmos com quem já tinha andado por estas bandas decidimos que o Laos seria o local perfeito para esta experiência, pela grande relação de respeito e proximidade que existe entre as pessoas e estes fantásticos animais.

Na véspera, perguntámos na nossa guesthouse sobre as diferentes possibilidades e acabámos por agendar uma tour pelo Manifa Elephant Camp que nos permitiria conviver, passear e tomar banho com os elefantes. Para além desta experiência, a Tour contemplava ainda uma visita pelas mais famosas cascatas da região – as Cascatas Kuang Si.

Dica: existem tours de várias companhias e com várias combinações de visitas com preços entre os $45 e $150.

Acordámos cedo. A expetativa era enorme. À hora marcada, uma van recolheu-nos no hotel e levou-nos até ao Manifa Elephant Camp. Este campo encontra-se instalado junto a uma pequena aldeia, no meio da floresta. Ao chegarmos, facilmente se percebe que ali se respira tranquilidade e alegria.

Ao vermos os elefantes pela primeira vez, há um misto de emoções. Que lindos animais…mas estão presos. Serão felizes? Parecem tristes… é uma sensação desconfortável que se desvanece à medida que conhecemos os “amigos” (nunca lhes chamaríamos tratadores) dos elefantes e os próprios elefantes.

O elefante

O elefante

A experiência começa com um passeio pela aldeia, sentados, dois a dois, em cima do elefante. Fomos apresentados ao Pal e ao elefante Can, um elefante asiático com 22 anos. Simpático, fotogénico e a exibir os truques que sabia fazer, apresentou-nos a sua aldeia, sem trela, correntes ou cordas. Um elefante bem comportado e sempre a colaborar com as indicações do seu amigo Pal.

Do cimo do Can vimos uma aldeia pobre, envolvida por uma floresta. Apesar das poucas condições da aldeia, os sorrisos na cara das crianças que encontrámos no caminho eram tão sinceros… Sabe bem ver crianças que sorriem por motivos tão simples como uns branquelas a passear em cima de um elefante…

A aldeia dos elefantes

A aldeia dos elefantes

Terminada a volta pela aldeia, chegou o momento do banho. A pé, dirigimo-nos até ao rio onde já esperavam por nós o Can e os amigos. Pelo caminho, uma árvore atravessada, destruída pela gulosice de um dos elefantes. Em cima da árvore um rapaz com uma catana a tentar desimpedir o caminho. Tudo simples e natural.

Voltámos a subir para os elefantes e entrámos na água. Os rapazes da aldeia pediram para ficarmos de pé em cima dos elefantes…e assim fizemos. Era uma armadilha. Após ordem dos rapazes os elefantes transformaram-se em touros mecânicos e sacudiram-nos para dentro de água. A esse momento, seguiu-se uma hora mágica de brincadeira total que nos permitiu ver quanto as pessoas do Laos respeitam e adoram os elefantes, e o quanto os elefantes também se divertem à nossa custa 🙂

Terminámos a nossa aventura no Manifa Elephant Camp com um almoço bem tradicional e de coração cheio. Que experiência memorável.

O elefante no rio

O elefante no rio

De volta ao nosso transporte, seguiu-se uma viagem de duas horas pelas belas montanhas do Laos, até chegarmos ao próximo destino, as Cascatas Kuang Si.

Dica: existem várias cascatas à volta de Luang Prabang, no entanto as maiores e mais bonitas, segundo os locais, são as Cascatas Kuang Si. O custo da entrada na cascata estava incluído na tour.

A Cascata Kuang Si

A Cascata Kuang Si

As cascatas estão envoltas num enorme e magnífico parque natural recheado de árvores centenárias, plantas e flores que fazem parte da rica flora do Laos e alguns animais selvagens que não se deixam ver. Pelo meio, encontra-se ainda o centro de acolhimento e reabilitação de ursos asiáticos, que por um ou outro motivo adoecem e são trazidos para este centro.

O parque está em ótimo estado de conservação e apresenta ótimas condições para os turistas, desde mapas, apresentações dos seres vivos que ali se encontram, pontes de madeira e trilhos bem definidos que asseguram que ninguém anda por sítios errados.

A floresta na Cascata Kuang Si

A floresta na Cascata Kuang Si

Tínhamos o tempo contado, pela hora marcada para o regresso, e pelas nuvens de tempestade que se aproximavam. Começámos o trilho pela floresta, na companhia de alguns animais e a respirar o ar puro que nos rodeia.  À medida que avançámos no trilho começámos a ouvir e a ver pequenas quedas de água, com a sua água azul e límpida, até chegarmos à queda principal, onde pudemos contemplar toda a sua beleza desde o topo da montanha até cá abaixo.

A Cascata Kuang Si

A Cascata Kuang Si

A tempestade passou ao lado, pelo que depois de muitas fotos e passeio, e antes do regresso a Luang Prabang, não hesitámos em mergulhar nas límpidas águas de uma lagoa formada pela cascata.

Até amanhã Luang Prabang!

Sun & Sea

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s